Sábado, 11 de Julho de 2020

(49) 9 9823-4044

No Ar
Sabadão da 98
Publicidade Lateral
Estatísticas
Visitas: 235491 Usuários Online: 11


Geral

Publicada em 29/06/20 às 08:52h - 322 visualizações
Planalto: Em depoimento, mãe admite que matou menino de 11 anos com corda após ele desobedecer ordens

ClicRDC


 (Foto: ClicRDC)

No sábado (27), Alexandra Dougokeski, de 33 anos, mãe do menino Rafael Mateus Winques, de 11 anos, morto em Planalto, no Norte do Rio Grande do Sul concedeu um novo depoimento à Polícia Civil, em Porto Alegre (RS). Conforme informações de GaúchaZH, Alexandra admitiu que matou a criança com uma corda de varal, após uma desobediência dele. Neste domingo (28), o portal RS Agora teve acesso a um vídeo, onde a mãe desmente a versão e fala que foi coagida pelos policias.



No depoimento, Alexandra disse que no dia 15 de maio, deu dois comprimidos de ‘Diazepam’ ao filho, após tê-lo repreendido por passar diversas noites em claro mexendo no celular. O objetivo da mãe era que o menino dormisse. Alexandra foi para cama. Porém, por volta das 2h, ela acordou, retornou ao quarto e Rafael ainda estava acordado, mesmo após a ingestão do medicamento.

“Naquele momento, ela perdeu o controle da situação e resolveu de fato estrangular ele. Porque ele estava de forma reiterada desobedecendo a suas ordens. Fica extremamente claro como ela fez, diferentemente de tudo o que ela tinha dito até então. Dessa vez, ela contrapôs a versão dada na reconstituição e também no primeiro depoimento. Além disso, trouxe claramente a motivação” disse o diretor de investigações do Departamento de Homicídios, Eibert Moreira Neto em coletiva de imprensa após o depoimento. 



Em vídeo, Alexandra desmente versão e fala que foi coagida pela polícia

Neste domingo, o portal RS Agora teve acesso a um vídeo, onde Alexandra desmente a versão dada à Polícia Civil em Porto Alegre. Conforme o RS Agora, Jean Severo, advogado que defende Alexandra não assinou o depoimento, por que segundo ele, Alexandra foi coagida. Segundo o advogado, os policiais teriam ameaçado o outro filho dela, dizendo que ele seria preso ou morto.




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:


Copyright (c) 2020 - Som das Águas FM - Todos os direitos reservados